Sobre meu ser...

"Quando lhe faltar razão, que enfim fale o coração".
(Hélio Flanders)

segunda-feira, 1 de maio de 2017

-

A vida pra mim sempre foi um fardo, que eu jamais saberei discorrer a respeito, de tempos em tempos ela parece me trazer um alivio fajuto e nada durador, ao invés de aproveitar o "bom momento" me apavoro e crio novas agonias, talvez eu não me sinta confortável nesse estado.
A minha existência sempre foi tumultuada, intranquila, insone, pesarosa... ensaiei umas tentativas de melhorar meu humor bipolar, minha negatividade e insegurança; o tempo máximo que consegui manter meu pensamento positivo foram míseros 15 dias, comemorados por mim até algum acontecimento me jogar na cara a realidade.
A cada ano que passa vai ficando mais difícil instaurar novas regras pra me manter sã, sem pirar pelas coisas que me acontecem, e tentar tirar algum aprendizado da coisa toda, mas porque diabos eu sempre tenho que aprender da pior maneira?



Nenhum comentário:

Postar um comentário