Sobre meu ser...

"Quando lhe faltar razão, que enfim fale o coração".
(Hélio Flanders)

domingo, 25 de junho de 2017

-

Teve um dia que o meu corpo exausto repousou sobre a cama, fechei meus olhos, me senti um pouco presa na escuridão, sonhei várias coisas naquela noite, um sonho dentro do sonho, quis despertar o mais rápido possível, havia um acontecimento muito bom, onde há tempos eu ansiava, a minha vida resolvida num passe de mágica, era o fim de todas as preocupações, medos e saudade.
Desde que me entendo por gente, enxergo um espaço dentro de mim, as vezes ele quase consegue diminuir, em outras é como se nada mais houvesse a não ser minha carcaça.