Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2010

Intento

O meu intuito era permanecer parada e congelar aquele momento,quando o sentir me fazia feliz,esquecer que o tempo passa como um medidor dessa agonia de não ter você,às vezes penso que eu devia ter lutado,mesmo que a vitoria não fosse minha,mas agora já foi.

Recomeço, sorte e poesia

A porta de uma loja, o lugar mais inadequado pra se discutir relações perdidas no tempo, lágrimas que não vão voltar pro rosto, palavras que não serão esquecidas quando o dia terminar, pois a memória registra a lembrança que a gente mais odeia. Se tudo deu errado vamos parar pra pensar, achar os culpados, desenterrar histórias, eu disse, você disse, todos nós dissemos coisas feias um pro outro, nada de enumerar acertos, pra ter uma consciência mais tranqüila ao colocar a cabeça no travesseiro e dormir em paz, desculpa! Não foi o suficiente, chega desse enredo, só não quero mais fazer o papel da filhinha rejeitada, vamos lá uma boa verdade na cara nunca fez mal a ninguém: você não sente a minha falta e nem eu a sua. Já faz muito tempo que eu tive um pai pra segurar a minha mão e me levar até a porta da escola, felizmente agora sei andar sozinha e você não precisa de uma filha(o), porque agora você tem outros filhos pra educar, que te consomem as 24h do dia ou seja, não há espaço na sua…